Alergo Blog

Perigos do Confinamento – Atenção aos problemas respiratórios!

Perigos do Confinamento – Atenção aos problemas respiratórios!

 

Devido à pandemia, devemos permanecer em isolamento em nossas casas. Por conta disso, aumentamos o pico de ansiedade, stress, além de outros problemas, principalmente para aqueles que sofrem com as alergias respiratórias.
Permanecer mais tempos em ambientes fechados, tende a aumentar a exposição aos alérgenos da poeira, como ácaros e fungos, e consequentemente as crises alérgicas. Enquanto estamos em casa, passamos mais tempo no quarto e na cama, e colchões e travesseiros são os lugares favoritos dos ácaros, responsáveis por 80% das alergias respiratórias, pois são locais onde mais se acumulam a descamação da pele, principal alimento deles.

Outro ponto que devemos ficar alerta, é o fato de estarmos no período de outono/inverno, no qual as temperaturas costumam baixar, assim como a umidade do ar, e é nesse período que as doenças respiratórias começam a fazer suas vítimas, problema que serve de alerta principalmente para os asmáticos.

Tosse, nariz escorrendo, dificuldade para respirar, irritação e coceira na garganta estão entre os sintomas.
Segundo a Organização Mundial, o índice ideal para umidade dor ar é em torno de 60%. Durante esse período do ano, essa porcentagem cai para 30%. Isso significa que incidência de problemas respiratório e as infecções por vírus e bactérias são mais comuns.

Nos dias mais frios, temos o costume de tirar dos armários cobertores, casacos, edredons, cachecóis que ficaram guardados por muito tempo e junto com eles estão acumulado ácaros, fungos e bactérias que são os principais causadores das alergias respiratórias.

A higienização correta da casa ajuda a prevenir e amenizar as alergias respiratórias, saiba como evitar esses perigos:
 
 

Comentários